Armazenamento de alimentos congelados

A conservação e a qualidade de alimentos que são submetidos ao armazenamento em uma Câmara Frigorífica, é um assunto que deve ser destacado sempre dentro das empresas que trabalham com esses tipos de produtos. A temperatura deve estar sempre de acordo com a necessidade dos produtos que alie estão, para que possa atender os principais requisitos de segurança e qualidade.

Embora a temperatura não seja a unica exigência para que os alimentos tenham a sua durabilidade garantida, para que possa ser comercializado por um período de tempo determinado de acordo com a sua produção. Para que possa atender todas as principais exigências da ANVISA, é preciso que tudo esteja ajustado de acordo com as determinações, para que dessa forma a temperatura possa estar no nível exato.

A regulagem correta da Câmara Frigorífica, irá definir o período de muito alimentos em condições adequadas. isso é muito importante para determinar o tempo em que serão congelados, essa situação é fundamental para influenciar no aspecto e na quantidade de cristais a serem formados.

A seguir iremos mostrar a importância desses detalhes, para que possa saber o que é mais indicado na prática dos procedimentos.

Critérios da ANVISA

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), estipula alguns critérios que devem ser obedecidos para que possa armazenar os produtos em uma temperatura correta. Esse cuidado é devido a preocupação com os microorganismos que podem se reproduzir, caso o armazenamento esteja sendo feito de forma errada, que consequentemente irá causar a contaminação dos produtos que estejam armazenados nesse local.

De acordo com a ANVISA, para o resfriamento de um alimento preparado, a temperatura deve chegar a redução de 60ºC a 10ºC, em até duas horas, após o resfriamento para manter a refrigeração as temperaturas devem estarem inferiores a 5ºC. Seguindo para o processo de congelamento, as temperaturas devem ser igual ou inferior a -18ºC, para conseguir essas informações completas, podem ser consultadas clicando aqui

O descongelar e congelar novamente é um procedimento que não é indicado pela ANVISA, todos os alimentos que forem submetidos ao congelamento, devem ser mantidos sob refrigeração se não forem utilizados de imediato. O procedimento de congelar o alimento novamente, quando este já estiver sido descongelado, pode afetar na qualidade do produto e isso não é recomendado pela ANVISA.

Armazenamento em baixa temperatura

Quase todos produtos aceitam ser armazenados em temperaturas baixas, mas dentre esses produtos, existem alguns não tem essa mesma característica e não podem ser conservados assim. O ovo é um desses alimentos que só podem ser mantidos sob refrigeração, somente em situações especiais, quando são submetidos a algum tipo de processo onde não será preciso ser usado a clara e a gema separadamente, e devem estar armazenado em um recipiente próprio para essa função e não em sua forma original (com a casca).

As carnes e produtos embutidos, podem ser congelados normalmente, desde que seja seguido a instruções recomendadas e dentro de embalagens adequadas e em ambientes com temperaturas próprias para essas funções. Não pode ser descartado que para cumprir essa tarefa existe o freezer e o congelador, e esses dois mecanismos produzem temperaturas diferentes, por tanto é preciso saber como utiliza-los, o freezer pode atingir até -20ºC.

Alimentos que precisam manter a temperatura

Alguns alimentos não podemos deixar ser descongelados, precisam ser consumidos gelados e para manter a consistência o alimento deve ser mantido em temperatura alta, sem ser descongelado por completo. Um caso que pode ser apresentado como exemplo, é o sorvete, o açai, cremes e outros, que devem ser consumidos gelados e não podem derreter, tendo que preservar a sua temperatura baixa para não prejudicar a estrutura do alimento.

Produtos assim é preciso serem conservados em freezer ou congelador, mas de forma que  a consistência permaneça boa, sem que esteja extremamente congelados no momento de servir. Para essas situações assim, armazenar na porta do freezer ou congelador pode ser uma boa opção, dessa forma não irá sofrer descongelamento e ao mesmo tempo não irá prejudicar o armazenamento conjunto de outros produtos que eventualmente necessitem de maior resfriamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iniciar conversa
Em que posso ajudar?
Olá,
podemos ajudar?