A importância do Frigorífico no comércio de carnes

Dar tratamento frigorífico às carnes bovina, suína, ovina, frango e outras, é agregar valor de mercado a elas. Com isso um produto, que é altamente perecível, passa a ter maior durabilidade e qualidade.

O animal que passa por um processo de abate e beneficiamento realizado corretamente tem a garantia de procedência da carne, identificação do produto e maior segurança ao consumidor.

Há inúmeros abatedouros clandestinos no Brasil, que expõe a carne ao risco de contaminação e gera insegurança ao consumidor, o qual deixa de consumir um produto inspecionado pelos órgãos de vigilância sanitária.

Ao montar um frigorífico, o empreendedor pode se especializar em uma linha de produto, como carne suína, ou ter uma linha de produção variada.

Na primeira opção, que é a mais comum, o especialista goza de prestígio pela qualidade do seu produto, mas precisa tomar cuidado com fatores que podem fragilizar sua posição, como a oscilação de mercado, mudança de preferência do consumidor e evolução tecnológica.

A especialização na produção de um frigorífico é importante, assim como a boa gestão de todos os aspectos que envolvem o empreendimento.

Observar a concorrência, serviços oferecidos, número de empregados adequado, tipo de instalação, horário de funcionamento, preços, fornecedores e grau de satisfação dos clientes são alguns dos aspectos a serem analisados para o sucesso do negócio.

Fonte: Novo Negócio

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iniciar conversa
Em que posso ajudar?
Olá,
podemos ajudar?